• m.EU

Seja redundante para ser livre


"É difícil libertar os tolos das correntes que eles veneram" - Voltaire. O medo, o desconhecido, a ausência de planos e foco, o não reconhecimento da sua capacidade de ir para onde deseja, sua baixa auto-estima perante si e o futuro, o orgulho, não enfrentar o contexto e as pessoas no entorno, os pesos desnecessários e as resoluções deixadas para depois: são todas correntes que veneramos, mesmo quando não são conscientes. 

Venerar significa dedicar grande respeito, reverenciar. Geralmente a palavra é usada para aquilo que amamos e temos admiração; a verdade subjetiva, no entanto, está no fato de que quando estamos demasiado tempo acorrentados a algo o qual entendemos, que já não nos cabe e não agimos, acabamos por reverenciar esta corrente. Respeitamos seu tempo e resultado nos acorrentando, mesmo que haja revolta em nosso coração. E a única forma de romper com isto é AGIR

Agir em direção ao que nos liberta, além do exercício e consciencia de compreender os Estados Atual e Desejado, é ser redundante na persistência, no foco e na singularidade. Descobrir-se singular e ter um plano é redundante em relação a manter-se respeitando toda sua integridade singular e seguir no foco do planejado. Ou seja, se você se descobriu singular, mexa-se e construa ou coloque seu plano em ação.

Curiosamente, nos dicionários comuns, redundante significa o que é repetitivo e em excesso; da etimologia da palavra, do latim, redundante (redundans, ãntis) significa aquilo que "está transbordado", que reflui - volta ao ponto de partida. E aqui a redundância positiva é aquela a qual você repete o comportamento, o foco, a sua autoanálise, o seu "para quê" seguir diferente, a manutenção da beleza a qual é ser singular. 

Apenas sendo redundante na sua própria vida, com as características que arrebentam as correntes, elo a elo, é que você conhecerá, de fato, a liberdade de ir adiante. 

No entanto, você está realmente decidido(a) a fazer diferente? Caminhar para uma outra direção é algo que possui real valor para sua vida? Faz diferença significativa você permanecer ou sair do lugar onde está e ter uma continuidade nos seus planos de vida? 


Se estas perguntas o incomodam é hora de repensar as correntes e construir a estratégia de mudança. Hora de transbordar a si próprio(a) de tal forma que a cada retorno para sua vida seja uma experiência de gratidão e satisfação por estar caminhando mais longe, mais leve, mais promissor. Não a leveza de não ter nada que o desafie e sim a leveza de saber que você foi liberto pela sua própria decisão de voltar ao ponto de partida sempre que necessário para equilibrar o plano de ação. 

Seja redundante tantas e quantas vezes forem necessárias para que você vença tudo o que o impede de cumprir seus objetivos e metas emocionais, pessoais, profissionais, financeiras, espirituais... quaisquer que forem elas.  Joy & Lucas ______________________________________ (Foto extraída de fonte do google)

62 visualizações

Copyright © clubemeu - 2018 

  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Instagram